terça-feira, 14 de agosto de 2007

Alemão terá 2º Circulando no dia 1º


No dia primeiro de setembro, o Núcleo de Comunicação Crítica do Alemão realiza o 2º Circulando – diálogo e comunicação na favela. O evento, que acontece bimestralmente no complexo do Alemão, vai contar com apresentações de grafite na parte da manhã e no turno da tarde com exposições fotográficas sobre favelas, diversas oficinas e apresentações culturais e artísticas, além da sessão do Cineclube Sem Tela, com duas mostras do Festival Visões Periféricas. A segunda edição do Circulando ocorre ao ar livre, no Morro do Alemão.

Realizado por jovens do Complexo do Alemão, integrantes do Grupo Raízes em Movimento e alunos formados pela Escola Popular de Comunicação Crítica do Observatório de Favelas, o Circulando é uma atividade que possibilita aos organizadores do evento, moradores do Alemão e visitantes em geral criar ou ampliar suas formas de comunicação e diversificar informações trocadas.

Outro olhar
“A proposta do Núcleo com o II Circulando é ampliar o que á fizemos no primeiro: potencializar a comunicação na favela e contribuir para que os discursos aqui elaborados se façam mais presentes no restante da cidade”, afirma o coordenador do Raízes em Movimento Alan Brum. O Nucca ainda pretende mostrar as favelas como um lugar de criação e criatividade, incentivando outros moradores do Alemão a criarem e/ou exibirem suas criações e apresentar a pessoas de fora da favela aspectos outros da realidade local que não a violência.

O nome Circulando, por sua vez, está diretamente relacionado com a comunicação dialógica que o evento prega. O termo sugere ao moradores do complexo e aos visitantes que “circulem” pela comunidade, que quebrem a rotina, vejam com outros olhos, se exponham para conhecer e comuniquem-se para ser conhecidos. Circulando também indica que o objetivo do evento é fazer as informações “circularem”, é conectar pessoas e propiciar o entendimento.

Fotografia, grafite, oficinas...
Trata-se de um grupo de não mais de 20 jovens quem propõe todo esse movimento. Há menos de nove meses, eles criaram o Núcleo de Comunicação Crítica do Alemão. Praticamente todos moram no complexo do Alemão e têm ligações ou com o Grupo Sociocultural Raízes em Movimento ou com o Observatório de Favelas. O Raízes tem a sua sede no Alemão e desenvolve no local oficinas culturais e trabalhos de geração de renda entre jovens. O Observatório, na Maré, tem entre os seus projetos a Escola Popular de Comunicação Crítica, onde estudaram integrantes do Núcleo. As duas instituições dão apoio ao grupo e também ao evento.

O Circulando é, na verdade, um eixo em torno do qual o grupo se mobiliza para exibir o seu potencial criativo, relacionar-se com a sociedade, apresentar a sua proposta de comunicação, atrair novos integrantes e simpatizantes. “Nos últimos dois meses, produzimos trabalhos em diferentes linguagens da comunicação, como jornalismo, grafite, música, ilustração, fotografia. A última parte agora é mostrar o resultado num evento, abrindo espaço para que a comunidade participe e se sinta estimulada a também produzir”, conclui Alan.

Programação
No dia primeiro de setembro, na segunda edição do evento, o Circulando terá entre as atrações já confirmadas:

• Galeria a céu aberto: Os muros de casas, lojas e bares do morro do Alemão expõem mais de 70 grafites de artistas plásticos ligados ao Raízes em Movimento, além de artistas de fora da comunidade. No 1º Circulando, se catalogou e sistematizou as obras e se inaugurou a galeria a céu aberto de grafite, com um mapa indicando os grafites e seus autores.

• Exposição de fotografia: Sadraque Santos e Rodrigues Moura, fotógrafos formados na escola do Observatório de Favelas, apresentam exposição de fotos sobre o Alemão.

• Oficina de origami: Tosh ministra oficina de origami com capas de revista.

• Oficina de desenho para crianças, ministrada por Silvana, do Raízes em Movimento.

• Oficina de meio ambiente: O grupo Verdejar, do complexo do Alemão, ministra oficinas de meio ambiente.

• Oficinas de Pinhole (fotografia Artesanal): Sadraque Santos e Mauro, fotógrafos, realizam oficinas de fotografia artesanal com câmeras de papel e lata.

• Música: Diversas apresentações musicais e um show de encerramento com músico do complexo do Alemão, com CD recém lançado.

• Vídeos: serão exibidas duas Mostras do Festival Audiovisual Visões Periféricas, a Mostra Infância e Periferia e a Mostra Sessão Premiada.


2º Circulando - comunicação e diálogo na favela

Data: 1º de setembro de 2007
Horário: 9 horas início dos grafites
14 horas, início das demais atividades
Local: Avenidade Central - Morro do Alemão
Complexo do Alemão - Rio de Janeiro-RJ

Referência: A Avenida Central faz esquina com a Avenida Itararé (Ramos), na altura do Posto de Saúde do Programa de Saúde da Família (PSF) do Complexo do Alemão
contato@raizesemmovimento.org.br
imprensa@observatoriodefavelas.org.br

Mais informações:

Raízes em Movimento - (21) 3104 6663
Observatório de Favelas - (21) 3104 4057
www.eventocirculando.blogspot.com
(Fotografia: oficina de fotografia artesanal do 1º Circulando)



Núcleo de Comunicação Crítica do Alemão

5 comentários:

Suzana Pedrinho disse...

Este movimento é muito importante, como sugestão vocês deveriam fazer uma assessoria de imprensa e enviar para a mídia com convite para participação:
Sugestão de Pauta para o RJ TV, Jornal da Band e Record

Sadraque disse...

Com certesa acabamos de escrever mais um capitulo na estoria do morro do alemâo,para desestabilisar o que veem dizendo porai que os eventos que ocorrem no alemâo em sua maioria sâo negativos,pois estamos aqui para mudar esta realidade,estâo de parabens todos os que participarâo deste evento tornando-o o grandioso como foi,Valeu a todos.

Bot-S Zandu disse...

Ora ora... Se toda comunicação é uma seleção e amontoado de pequenas imagens, o Cirlando II foi um amontoado do que há de mais bonito, uma seleção do melhor que há no Alemão, em minha opinião. Deixo aqui os parabéns merecidos pelo belo trabalho artístico e cultural, fruto e reconhecimento de todo esforço feito pra acontecer. Ouvi apenas elogios de todos da mídia, dos artistas e personalidades globais que estiveram presentes. O resto? É papo dessa gente que não quer que o Brasil vá pra frente, esmagando com mão pesada tantas pobres favelas por aí.
Valeu!
XND

Bot-S Zandu disse...

Confiram também nosso blog:

http://colirioparaseusouvidos.blogspot.com/

Confiram também um pouco de poesia:

http://br.youtube.com/watch?v=F7LG5n88vFw

COMUNIDADE disse...

gostei do trabalho
conheça tb o nosso
comunidadeeditoria.blogspot.com